sexta-feira, 1 de março de 2013

Padre não é Pedófilo é a Doença que Tem Culpada.



Não é novidade para ninguém o que o Padre Emilson Soares Corrêa de 52 anos fez, porém o que me surpreende é que, se fosse outra pessoa seria presa. Mas, como é um padre isso não acontece! Para mim as regras de fatos comprovados e de repercussão na mídia deveria à justiça agir da mesma maneira como age com os casos de pessoas comuns que entra nesse campo da pedofilia. A polícia ouviu a mãe, e o padre foi indiciado por estupro de vulnerável e poderá responder por exploração sexual.
1)  Foi indiciado, isso quer dizer que poderá responder em liberdade e nada acontecer.
      2)  Poderá, ou seja, talvez seja acusado. Em outras palavras, não vai ser acusado!
        3)  Isso é Brasil ! O que nós poderíamos esperar se tratando de clérigo e ainda da igreja católica? Nada mesmo! Eles mataram, perseguiram, estupraram, e ainda querem se passar de bonzinho. Denunciando os casos ou pecados que ele mesmo cometeu, e acha que está tudo bem. Isso é o cúmulo da presunção pecaminosa.
 Veja o que o advogado disse sobre o Padre com relação às meninas: Agora leia essa declaração: “Padre Emílson não é um criminoso. Ele nunca fez nada com a menina que hoje tem 10 anos. Quanto às outras garotas, acredito que ele foi seduzido. São atraentes, bonitas e insinuantes”. Isso é o fim do mundo mesmo! Como é que um advogado, tem a cara de pau de dizer uma coisa tão absurda dessa? Ele nunca pensou que essas meninas poderiam ter sido sua própria filha, e que poderia ter sido influência pelas chantagens de quem se acha no direito de comando? Seria lógico pensar diante deste fato? Claro que sim!
Entenda melhor o caso aqui: 

 e assista ao vídeo abaixo.