domingo, 11 de agosto de 2013

Pastor Marco feliciano é hostilizado mais uma vez por gays


O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), e o produtor musical Roberto Marinho, contaram em seus perfis no Twitter terem sofrido assédio dentro do avião na viagem que faziam de Brasília para São Paulo.
"Ao decolarmos em Brasília cerca de 10 gays me constrangeram, 2 vieram a minha poltrona gritando, cantando música bizarra", disse Feliciano no microblog.
No vídeo abaixo, postado no perfil do Facebook de um dos envolvidos, é possível ver dois rapazes que se aproximam de Feliciano e Marinho e começam a cantar a música "Robocop Gay", um dos sucessos do grupo "Mamonas Assassinas", morto em 1996 durante um acidente aéreo em São Paulo.
Veja:

Fonte: Adventismo em Foco - : http://wp.me/pnCOx-8jb