sábado, 19 de setembro de 2015

A promessa de obter mulheres no paraíso.


O islamismo prega que aqueles que derem sua vida pela religião ou fé alcançarão o paraíso, e terão direito a várias mulheres.

Mas será verdade isso? Não! Pois Jesus Cristo no seu mais enigmático assunto com relação ao repúdio do homem deixar ou abandonar sua mulher, deixou bem claro que se ele fizesse isso cometeria adultério.

O que envolvia naquele tempo não era o simples fato de não gostar da mulher que estava casado, mas as más intenções dos homens almejando usufruir dela, e quando quisesse poderia obter outra, ao seu bel prazer, uma coisa que Jesus condenou essa prática perniciosa, quando disse que aquele que fizesse tal coisa assim, seria considerado adultero. (Mateus 19.1-7).

Conquanto no Islã os homens possam ter mais de uma mulher contanto que eles possam sustenta-la, não me parece muito coerente esta vontade deles, uma vez que Jesus Cristo veio e refutou os homens orientais naquela época; coisa que era ensinado de pai para filho segundo a tradição.

É mais que coerente à afirmação de Jesus Cristo visto Deus não criou mais de uma mulher para o homem, mas somente uma.
Note a forma como Jesus Cristo trata tais homens: Disse-lhes ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim”. (verso 8).

Percebeu? O problema está em o homem achar que pode fazer as coisas (vontades) do seu próprio jeito, sem se dá o trabalho de realmente saber se este princípio está desde começo do mundo na criação de Deus. Jesus Cristo refuta tais homens! [G].



Um blog abaixo da média, mas além dos fatos.
http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/* Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.