terça-feira, 17 de novembro de 2015

A tragédia está em não entender


Tragédia (do grego antigo τραγῳδία, composto de τράγος, "cabra" e ᾠδή, "música") é uma forma de drama que se caracteriza pela sua seriedade, dignidade e frequentemente os deuses, o destino ou a sociedade. (Fonte: Wikipédia).

Muitos não entendem o que está acontecendo: o contínuo; a primeira cai, a segunda virá, e a terceira vem adiante.

Não se discute quando não se apercebe direito muito das coisas. Não basta saber filosofar, mas é preciso crer naquilo que apresenta diante dos nossos olhos.

Dizer, hoje, estamos vivendo uma linda manhã, então, acontece algo drástico e grande contra aquela afirmação quando vem de onde se ver, não é tragédia?

Olhamos a pureza do rio com sua transparência e claridade, então de repente se enche de barro e lama deixando de nos mostrar sua beleza, não, não é tragédia?

Tudo do que acontece com seriedade segundo a própria definição da palavra ser diferente ao ato de uma afirmação boa, tornar-se espanto!

A doçura, o belo, etc., carrega uma virtude, mas o paradoxo o terror.

O amargo, o ruim, aquilo que nos faz dizer, não, eu não gosto disso, equivale ao ardor do oposto.

A marca do rude não nos permite achar bom àquilo que nos parece mal.

Assim é fácil dizer para quem não presenciou expor nas suas palavras, porque não sentiu profundamente a dor da perda, não ser trágico o que aconteceu. Porém, para aqueles que sentiram a avaria, e estavam diante dos fatos inseridos, sente o nada que agora ser real.

O trágico tornou-se uma realidade, pois não só pelas ações, mas porque agora não tem nada.

Alegar que essa humilhação não consta de uma coisa desgraçada e funesto, é não perceber onde eles caíram.
Ora, se um familiar nosso morrer e mais: se perdemos tudo, não é calamitoso isso?

Será uma minguada da lógica não entender a situação desgraçada que o povo passa.

Não basta usarmos a coerência mental. O que ocorreu foram as mazelas do tempo e da natureza se quisermos assim aceitar para não culpa os seus algozes desta ação.

Não me venha querer provar o contrário, uma coisa onde consta aos olhos vistos, o que ocorrera com a população de Mariana.

Nosso ideal está em não somente admitir que erramos e precisamos melhorar para que não nos aconteça tais catástrofes.

Alguns não entendem do que aconteceu aqui, e do que aconteceu na França não são somente atos isolados distintos, que ao que parece são mesmo, mas que existe uma permissão a fim de mostrar seu comando quando são-lhes tiradas.

A derrota dos homens está em não compreender que tudo que os machuca só acontece porque não demonstra humildade para aquele que determinou sua moral – Deus.



Um blog abaixo da média, mas além dos fatos.
http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/* Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.