quarta-feira, 24 de abril de 2013

A Criação da Bíblia - Parte 1


Encontrada uma biblioteca numa caverna.
Em 1947, antigos manuscritos em forma de rolos foram encontrados em cavernas de Qumran. Este é um lugar junto ao mar Morto, na terra da Bíblia. Muitos dos rolos fazem parte do Antigo Testamento. Alguns deles são do ano 400 a. C.

Como a Bíblia foi escrita?
Ninguém sabe como as mais antigas histórias do Antigo Testamento foram escritas inicialmente. Porém, em tempos antigos, era comum a tradição de se contar histórias. Pais contavam aos filhos as histórias que este tinham ouvido dos seus pais, e assim se fazia por muitas gerações. Seguidos dos grandes mestres ou profetas também insistiam no ensino, contando os ensinamentos Provavelmente há mais de 3000 anos atrás, os primeiros livros começaram a ser escritos. A forma mais comum de livros era o rolo - uma folha comprida que podia ser enrolada. Às vezes, o rolo era feito de papiro, material um pouco parecido  com o papel, ou de couro especialmente preparado, chamado de pergaminho ou velino. As pessoas costumavam escrever com canetas feitas de canudos. A tinta era feita de uma mistura de ingredientes que muitas vezes incluía fuligem.
Antigos rolos eram mantidos em segurança dentro de jarros de cerâmica.


Na época do Novo Testamento, ainda se usavam rolos para escritos importantes, mas, na escrita do dia-a-dia, usavam-se folhas de material de escrita. As folhas eram dobradas ao meio e costuradas no centro. O livrete era chamado de códice. Os primeiros cristãos usavam os livretes para fazer cópias das histórias a respeito de Jesus e das cartas recebidas de pessoas como o Apóstolo Paulo, que eram especiais para os primeiros judeus cristãos.

A Lei Moral
A Bíblia diz que Deus entregou a Moisés dez grandes leis, conhecidas como Dez Mandamentos. Estavam inscritos em duas tábuas de pedra. Assim como as inscrições em monumentos de hoje em dia, pretendia-se conservar esses escritos em pedra para sempre.


Papel Papiro
Há milhares de anos, no Egito, não havia papel como nós o conhecemos hoje. Em lugar do nosso papel, usava-se o papiro - um tipo de papel feito de plantas altas chamadas papiro, que cresciam nos pântanos. Os caleus longos e grossos eram fibrosos por dentro. Esses caules podiam ser cortados de comprido em tiras bem finas. As tiras podiam ser alinhadas no mesmo sentido para se fazer uma folha. Então, outras tiras eram colocadas por cima, em outro sentido.


Então, a folha podia ser prensada e batida para se fazer papel resistente. Um escriba usava um papiro pronto para escrever uma carta. Ainda hoje em alguns países são usados os papiros.


Este pedaço de papiro danificado é uma pequena parte do Evangelho de João. A data dele é cerca de 100 anos depois do nascimentos de Jesus Cristo. É a parte mais antiga do Novo Testamento existente no mundo.


Curiosidade
No tempo do Antigo Testamento, as pessoas escreviam sobre pedacinhos de cerâmica quebrada ou sobre tabletes de argila para registrar breves anotações e mensagens. Deus ordenou que o Profeta Ezequiel fizesse o esboço de um mapa da cidade de Jerusalém sobre uma pedra de argila.


Conclusão: Depois de um tempo de milhares de anos de  escrita, a Bíblia começou a ser feita através do papel que foi deriva  da madeira; e com ela é conhecemos a Palavra de Deus, para nos ensinar o caminho a seguir. "A tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho". (Salmos 119.105). Amém! - (S.B.B.)[G].