terça-feira, 9 de setembro de 2014

Chico Xavier e Seus Enganos


"Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?" (Isaías 8:19)
Falsa a Materialização de Chico Xavier: Uberaba, Redux
 
Após a divulgação em Ceticismo Aberto das reproduções de “O Cruzeiro” lidando com as “materializações de Uberaba” e material relacionado em Obras Psicografadas, inúmeros defensores da autenticidade de tais materializações manifestaram contrariedade. Poucos, contudo, apresentaram contra-argumentos e informações que de fato configurassem mesmo um início de refutação às considerações que levam à conclusão de fraude.

Entre estes, “William X” publicou no blog “Crítica Espiritualista” em 1 de abril de 2010 o texto “Crítica: “Materializações de Uberaba” X “O Cruzeiro””[1]. Infelizmente, no momento em que esta tréplica é publicada, o blog em questão não está mais acessível abertamente. Ainda assim, e ressaltando como foi uma das poucas réplicas, o material agora indisponível será o núcleo para a continuidade de uma discussão sobre o tema, centrada na análise da evidência disponível. O texto é de autoria de Kentaro Mori, editor do Ceticismo Aberto.
A história começou quando Amauri Pena, também médium e sobrinho de Chico Xavier, resolveu dar uma declaração aos jornais. Alegando estar amargurado por problemas de consciência,  contou que tudo o que psicografava havia sido criado por sua imaginação. Nenhum de seus trabalhos necessitava da interferência das almas de outro mundo. 

Amauri também citou que, assim como o tio, era muito inteligente e tinha facilidade para imitar estilos de outros autores. O tio lia muito e, com ou sem espírito, saberia escrever. Admirava e não desmascarava Chico como homem, mas não acobertaria o médium. Estava instaurado o caos na vida daquele que é considerado a alma brasileira. 


A imprensa seguia todos os seus passos, mesmo quando tentou se refugiar em Uberaba. Realidade não foi diferente, e foi além. Levou um de seus melhores jornalistas, José Hamilton Ribeiro, a uma das sessões de psicografia. Hamilton, com todo seu senso jornalístico, narrou passo a passo o que ocorria naquele local. Sem a crença no espiritismo nem a desconfiança em Chico, o repórter contou ao longo das sete páginas toda a trajetória do médium. 
www.arcanjomiguel.net/falsa-revista_cruzeiro.html

Veja o vídeo onde o canal o Patriota consegue provar que Chico Xavier é uma farsa - Parte 1 e 2

Uma das mais constrangedoras é a trama da “materialização” da Irmã Josefa, algo digno de enredo do desenho do Pica Pau, onde pessoas vomitavam ectoplasmas e uma mulher aparecia coberta com um tecido branco dizendo ser um espírito materializado…. Mais tarde descobriu-se que tal espírito era, na realidade, uma tiazinha de meia idade que fazia truques de ilusionismo barato, como pode ser conferido no ‘RESGASTE HISTÓRICO: REVISTA O CRUZEIRO DE 27/10/1970′

[Será que Chico Xavier não sabia? É claro e lógico que quando pessoa quer montar uma  coisa, é montada, aquele que está no comando sabe muito bem o que está acontecendo. E mais quando este quer ganhar fama e notoriedade na mídia.]. Podemos compreender melhor aqui: http://vaticanplayer.blogspot.com.br/2012/11/sbt-manipula-e-chico-xavier-e-eleito-o.html 

Amauri foi, posteriormente, tido como alcoólatra e suas afirmações perderam o valor. As dúvidas sobre a veracidade das psicografias de Chico Xavier, entretanto, nunca foram completamente solucionadas. Todavia, o relato de José Hamilton foi incrivelmente fiel e tocante. O texto da  reportagem, publicado há 39 anos, está disponível na internet.Clique aqui e leia a matéria na íntegra
Quanto a COMUNICAÇÃO COM OS MORTOS, a Bíblia nos deixa bem claro que o que há nos ares do espaço são anjos ou demônios (Jo 1,51; Ef 6,12). É o próprio Satanás (e seus demônios) que se disfarça em anjo de luz para enganar os filhos de Deus (I Cor 11,14-15).


Você conferir aqui o que a nova era pretende fazer:


Hoje é mais contundente e claro que o ensino da Nova Era está por dentro desse todo seu bojo, a fim de fazer com que as pessoas aceitem de bom grado, o espiritismo sem mesmo fazer um analise critica dentro do seu contexto. [G].


http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/ * Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.