quinta-feira, 18 de junho de 2015

A Ideologia de Gênero e Sua Doença




Caros colegas, eu não tinha a intenção de postar aqui no blogger este assunto tão discutido na atualidade, porém como o Facebook colocou uma faixa preta numa das minhas imagens, então por causa disso é que agora me disponho fazê-la aqui.

Temos muito aprendido desde pequenos (crianças) que existem somente dois sexos no mundo – o feminino e o masculino, contudo, hoje com uma máscara colocadas nalgumas mulheres, a fim de defenderem seus propósitos pervertidos com uma suposta alegação, que seja para dizer que as mulheres estariam sendo supostamente exploradas pelos homens, que estão dizendo serem supermulheres defensoras de causas perdidas com o fim de ganharem essas mesmas.

Entretanto, ao que parece, e isso para mim, não deixa nenhuma sombra de dúvida, que elas têm outros objetivos incutidos nas suas mentes contrárias nas coisas normais da vida.

Uma dessas coisas é a ideologia de gênero, que com esse título (conotação) poderia trazer consequências gravíssimas nas nossas crianças futuramente.

Sim, isso mesmo! Sua suposta definição instituída nas escolas trazem dentro dessa teoria um mau em si, pois daria margem para que uma criança não tivesse a opção de saber que era verdadeiramente uma mulher ou um homem.

Pois bem, os fatos comprovadamente já mostrados de forma empírica, detona toda essa teoria delas quando mostra que mesmo mudando uma criança para outro sexo, ela permanece sendo o que era antes.

Então dentro desse contexto é que um repórter fez uma investigação nesse assunto.

Aqui estão as imagens que publiquei no Facebook e o vídeo da reportagem:











Nota: Embora seja provado que uma criança não possa mudar de sexo, mesmo levando em conta sua situação, ela não quer aceitar mesmo sendo provado empiricamente, rejeita tal pesquisa.
Isso prova sua falta capacidade de raciocinar, onde nitidamente percebemos que há uma grande farsa embutida nisso tudo.



Veja agora o vídeo 


http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/* Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.