segunda-feira, 17 de junho de 2013

Deus Rejeita Saul como Rei

Para aqueles que não acreditam que as ordens do Senhor devem ser obedecidas mesmo que para isso, seja matar os amalequitas, crianças, animais. E o rei Saul não obedeceu a ordem do SEnhor e perdeu o reino e morreu. Veja:15 Respondeu Saul: "Os soldados os trouxeram dos amalequitas; eles pouparam o melhor das ovelhas e dos bois para sacrificarem ao Senhor, o teu Deus, mas destruímos totalmente o restante".
16 Samuel disse a Saul: "Fique quieto! Eu direi a você o que o Senhor me falou esta noite". Respondeu Saul: "Dize-me".
17 E Samuel disse: "Embora pequeno aos seus próprios olhos, você não se tornou o líder das tribos de Israel? O Senhor o ungiu como rei sobre Israel
18 e o enviou numa missão, ordenando: 'Vá e destrua completamente aquele povo ímpio, os amalequitas; guerreie contra eles até que os tenha eliminado'.
19 Por que você não obedeceu ao Senhor? Por que se lançou sobre os despojos e fez o que o Senhor reprova?"
20 Disse Saul: "Mas eu obedeci ao Senhor! Cumpri a missão que o Senhor me designou. Trouxe Agague, o rei dos amalequitas, mas exterminei os amalequitas.
21 Os soldados tomaram ovelhas e bois do despojo, o melhor do que estava consagrado a Deus para destruição, a fim de os sacrificarem ao Senhor, o seu Deus, em Gilgal".
22 Samuel, porém, respondeu: "Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros.
23 Pois a rebeldia é como o pecado da feitiçaria; a arrogância, como o mal da idolatria. Assim como você rejeitou a palavra do Senhor, ele o rejeitou como rei".
24 "Pequei", disse Saul. "Violei a ordem do Senhor e as instruções que tu me deste. Tive medo dos soldados e os atendi.
25 Agora eu te imploro, perdoa o meu pecado e volta comigo, para que eu adore o Senhor."
26 Samuel, contudo, lhe disse: "Não voltarei com você. Você rejeitou a palavra do Senhor, e o Senhor o rejeitou como rei de Israel!"
27 Quando Samuel se virou para sair, Saul agarrou-se à barra do manto dele, e o manto se rasgou.
28 E Samuel lhe disse: "O Senhor rasgou de você, hoje, o reino de Israel, e o entregou a alguém que é melhor que você.
29 Aquele que é a Glória de Israel não mente nem se arrepende, pois não é homem para se arrepender".
30 Saul repetiu: "Pequei. Agora, honra-me perante as autoridades do meu povo e perante Israel; volta comigo, para que eu possa adorar o Senhor, o teu Deus".
31 E assim Samuel voltou com ele, e Saul adorou o Senhor.
32 Então Samuel disse: "Traga-me Agague, o rei dos amalequitas". Agague veio confiante, pensando: "Com certeza já passou a amargura da morte".
33 Samuel, porém, disse: "Assim como a sua espada deixou mulheres sem filhos, também sua mãe, entre as mulheres, ficará sem o seu filho". E Samuel despedaçou Agague perante o Senhor, em Gilgal.
34 Então Samuel partiu para Ramá, e Saul foi para a sua casa, em Gibeá de Saul.
35 Nunca mais Samuel viu Saul, até o dia de sua morte, embora se entristecesse por causa dele porque o Senhor se arrependera de ter estabelecido Saul como rei de Israel. (I Samuel 15.15-35)
Com Deus não se brinca e nem se zomba! As ordens do Senhor devem ser atendidas. Ele não quer desobediência e muito menos outros tipos de adoração para que possa mudar o foco dos seus pedidos aos homens. Há Deus ninguém engana!
Fonte: Bíblia Sagrada online.