quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Suco de Uva Superior ao Vinho Tinto


A alegação: suco de uva tem os mesmos benefícios que o vinho tinto. Os fatos: A essa altura, os benefícios cardiovasculares do consumo diário de um cálice de vinho tinto já são bem conhecidos. Mas muitos abstêmios imaginam se não seria possível colher as mesmas recompensas com o parente não fermentado do vinho, ou se esse é um benefício de saúde do qual estão excluídos.

O suco de uva pode não ser muito embriagador, mas ainda assim permite um brinde à boa saúde, no que tange à sua capacidade de prevenir doenças cardíacas.
O álcool, consumido em doses moderadas, pode relaxar os vasos sangüíneos e elevar os níveis de HL, o "bom colesterol". Mas as substâncias vistas como responsáveis por boa parte dos benefícios do vinho tinto - o resveratrol e os flavonoides - também existem no suco de uva, especialmente a variedade produzida com uvas Concord, vermelhas escuras.
Estudos independentes constataram que, como o álcool, o suco de uva pode ajudar a reduzir o risco de coágulos sanguíneos e prevenir o LDL, ou "mau colesterol" de aderir às artérias coronárias, entre outros benefícios cardíacos.
Um dos estudos, conduzido por cientistas da Universidade de Wisconsin e publicado pela revista Circulation, estuda os efeitos de duas doses diárias de suco de uvas Concord sobre 15 pessoas portadoras de doenças cardíacas coronárias.
Depois de duas semanas, os participantes tinham fluxo sanguíneo melhor e oxidação reduzida do LDL. O LDL oxidado pode danificar as artérias.
Outros estudos conduzidos com seres humanos e animais, entre os quais uma pesquisa de um ano reportada em artigo na revista Atherosclerosis, demonstraram que o consumo diário pode reduzir a pressão arterial e os níveis de colesterol. Mas atenção: algumas variantes de suco têm açúcar e ingredientes artificiais.
Em resumo: os estudos sugerem que alguns tipos de suco de uva podem oferecer os mesmos benefícios cardíacos do vinho tinto.
Fonte: Terra e Criacionismo 
Nota: A uva é essencial para vivificar o coração e fluidificar o sangue: “A uva constitui um componente essencial da dieta mediterrânea e até de sua cultura. Vem sendo cultivada durante milênios nas cálidas terras que rodeiam o mar Mediterrâneo. Recentes descobertas científicas atribuem a boa saúde cardíaca dos habitantes do Mediterrâneo precisamente a algumas das substâncias presentes na uva.” (Dr. Pamplona Jorge, Médico especialista em Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo, O Poder Medicinal dos Alimentos; Editora Casa Publicadora Brasileira, Tatuí – SP, 2007. Mestre em Saúde Pública pela Universidade de Loma Linda, Califórnia Estados Unidos).
Você pode adquiri-lo aqui: http://produto.mercadolivre

   O mesmo diz que, destacam-se dois tipos de nutrientes importante nas uvas que são: açucares e as vitaminas do complexo B. As uvas fornecem dois açucares abundantes e naturais, glicose e a frutose.  E o mais importante são as vitaminas tais: B1, B6 e B3, essas vitaminas tem a capacidade entre outras funções de metabolizar os açucares para que se possam juntas, formar energias para o corpo. Os minerais encontrados nas uvas são: o potássio, o cobre e o ferro e que nelas contém também cálcio, fósforo, magnésio; fibra em torno 1% quando se trata de fruta fresca; ácidos orgânicos que servem principalmente para eliminar o ácido úrico na urina; flavonoides, que servem como antioxidantes, onde impedem à oxidação do colesterol causador da doença arteriosclerose, e evita a formação da trombose; reveratrol, que recentemente foi descoberto que é anticancerígeno, e que prende a progressão da arteriosclerose; antocianinas são pigmentos potentes que previne afecções cardíacas.
   A recomendação é que, se coma muita uva e consuma muito suco de uva, para que aja a prevenção do câncer e outros tipos de doenças.