terça-feira, 14 de outubro de 2014

Casal de Pastores Gays Conseguem Registrar o Filho Adotivo Com Dois Nomes de Pais


Um documento lavrado na última sexta-feira (10) no cartório do 3º Registro Civil da Capital do Rio de Janeiro deu direito a um casal gay de registrar o filho adotivo com nome de dois pais. Marcos Gladstone Canuto da Silva, 38 anos, e Fabio Inácio de Souza Canuto, 34 anos, são pastores e consideram a decisão judicial como um grande passo contra o preconceito.
O casal afirma que o filho Felipe, 10 anos, já escreve o nome usando o sobrenome dos pais. O menino está vivendo com os dois há quatro anos. Após a decisão, Fábio Inácio expressou a felicidade em sua página em uma rede social dizendo “A Justiça reconheceu o que o amor escolheu. Antes unidos somente pelo amor, hoje unidos e reconhecidos pela lei dos homens”.
Fábio e Marcos são pastores da Igreja Cristã Contemporânea que possui nove templos, sendo seis no Rio de Janeiro. O casal está esperando a conclusão de mais um processo de adoção. Os dois estão tentando adotar um menino de 12 anos que vive com eles também há quatro anos.
Os dois passaram por algumas etapas antes de dizerem que são realmente casados. Em 2009, os dois fizeram uma escritura declarando a união homoafetiva e realizaram uma cerimônia religiosa. Em 2011, fizeram a união estável assim que foi liberada. Em 2013 converteram a união estável em um casamento civil.
FonteCasal de pastores gays registra filho adotivo 
Onde nós vamos parar? Imagine o bullyng que essa criança poderá sofrer, caso algum amigo dele saiba disso. Eu fico pensando, onde está a responsabilidade das autoridades com relação ao fato! Essa criança poderá sofrer durante anos, e ter vários problemas pessoais se no caso os seus amiguinhos sismarem de pegar no pé dele. Será que ninguém pensa nisso? Isso para mim chega à beira do cúmulo, uma vez que uma filiação para gerar um criança precisa se ter um homem e uma mulher, e pais são diferentes? É o fim do mundo!
Imagine uma mãe que tem três filhos, um de cada pai, pela lógica ela poderia exigir que no registro fosse incluído o nome de todos os pais.

http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/ * Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.