segunda-feira, 11 de março de 2013

O FIM DE UM HOMEM E COMEÇO DE OUTRO


                                                                                                                           .
Amigos: Jaz por terra um homem, é um belo homem, ceifado pela impiedosa mão da Morte, do desejo de atuar. Aquele que todos nós admirávamos; está perto a morrer, a apagar-se nas trevas do Nada a luz daquela vida que deixa após si um rastro de grandes nobre ações, a inovidável lembrança de uma existência sem mácula.

É triste ver, a cada passo, momento e destino caírem frente em torno de nós, vencidos pela luta sem tréguas da vida, aqueles que pareciam está nos levando para um oceano de conhecimento escriturístico encaminha para o fim.
Triste zombaria do final!

Quanto possível referente à sua consideração por mais ilustre que seja, mesmo obtendo prodígios e grandes virtudes de sentimentos, as coisas não são como ele pensava e espalhava sobre a vida. O fardo que o acompanhava não mais virá a sua cabeça; pois agora ele não pode ver o que o céu relata, nem a praia o vir e ir das ondas.

 As brilhantes invejas e egoísmo do mundo não lhes serão mais atribuída, pois, ele ver-se obrigado a sair do solo do mundo material e entrar no mundo transcendente.

Nesta hora, os feitos que esse, não mais pode fazer mesmo em ações filantrópicas, nem nas memórias ele pode mais lembrar por está preste a ir para um lugar onde todos os silêncios são delicados e não o incomode.

Amigos, num profundo mundo escuro não se podem vê nem quando se apague a luz. Não poderá enxergar e ver às coisas erradas e nem às certas. O homem é vivo quando percebe que, os seus feitos, mesmo simples são observados e relevantes; porém, não pode assumir nada, por está numa situação difícil sua natureza é levá-lo para o esquecimento de tudo. 

Embaraçado sem poder dormir o seu sono; e que Deus possa recebê-lo na Sua glória e fazê-lo o que ele tanto almejou: felicidade!

"Contudo, aos que o receberam aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus". 
.
"Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas"! 2 Coríntios 5:17
Ele Morre para o mundo e começa uma nova vida em Jesus Cristo para alcançar à glorificação de Deus. Amém! (G)