terça-feira, 28 de julho de 2015

O homem faz história



O homem comum, sua história está dentro do seu mundo, o reconhecido, dentro dos outros.


Quando acontece algo importante, sejam esses: eventos, festas, comemorações etc., o elogiado quase sempre será aquele que é reconhecido.


Um desfile militar geralmente a continência está voltado para autoridade mais em atuação. Num estado, é o governador e seus subordinados com seus companheiros que estão no palanque.


Então, as multidões voltam-se seus olhos para aquele que está na frente.


Portanto, não é reconhecido por outros aquele que vive seu mundo, mas que vive para o mundo dos outros.


Jesus Cristo era esse tipo de homem, mas não era porque queria homenagens, mas porque todos os reconheciam como figura importante na sociedade: aquele que poderia ensinar; aquele que poderia curar; aquele que poderia fazer milagres; aquele que podia... Podia... E podia...


Assim é a história, compreende-se que muitos estão vivendo seus mundos, mas existem aqueles que aparecem diante dos demais. [G].


Um blog abaixo da média, mas além dos fatos
 
http://igrejaremanescente-igrejaremanescente.blogspot.com.br/* Serão permitida reprodução total quanto parcial, onde poder ser incluídos textos, imagens e desenhos, para qualquer meio, para sistema gráficos, fotográficos, etc., sendo que, sua cópia não seja modificada nem tão pouca alterada sua forma de interpretação, dando fonte e autor do mesmo. P.Galhardo.